A forma mais segura de usar óleos essenciais

Se você está chegando agora no mundo dos óleos essenciais, talvez tenha se deparado com informações de segurança e ainda não se sinta muito confiante no uso desses produtos. No entanto, é importante que saiba que existem formas mais e menos seguras de uso dos óleos essenciais. A forma de uso mais arriscada é com certeza a via interna e, por isso, nós não recomendamos a ingestão de nenhum óleo essencial. Quanto a via mais segura, você irá conhecer a seguir, vem com gente!

Existem diferentes formas de aplicação dos óleos essenciais e cada modo de uso tem uma taxa de absorção das moléculas. Com exceção da via de uso interno (não recomendada), a taxa de absorção sempre se coloca abaixo de 90%. E por mais que haja, na maioria das vezes, uma relação entre a taxa de absorção e a eficácia do uso, uma taxa de absorção baixa não quer dizer que a utilização será ineficaz.

Um exemplo disto é o uso de óleos essenciais em difusores de ambiente. A taxa de absorção das moléculas durante a difusão ambiental é baixa, em torno de 15%, tornando-a a forma mais segura de uso dos óleos essenciais. Contudo, isso não quer dizer que a difusão ambiental não seja eficaz. Assim como demonstrado por pesquisas científicas, a ambientação do espaço por meio da utilização de aromas é capaz de modular nossas respostas emocionais, melhorar o desempenho cognitivo ou mesmo reduzir sintomas físicos, como a percepção da dor, tosses excessivas e modulação da fome.

Por exemplo: uma pesquisa¹ realizada com 150 crianças de 8 a 12 anos buscou avaliar os níveis de ansiedade e percepção da dor durante procedimentos odontológicos que requerem anestesia local. As crianças foram divididas em três grupos:

A pesquisa demonstrou que a difusão ambiental dos óleos essenciais de Laranja Doce e Lavanda foi capaz de reduzir a ansiedade das crianças durante o processo de tratamento dentário. Além disso, no comparativo entre os três grupos do estudo, a difusão do OE de Laranja Doce também foi capaz de reduzir a percepção de dor das crianças durante o processo de anestesia.

Outra pesquisa interessante a respeito da difusão ambiental de óleos essenciais foi um estudo comparativo² sobre os efeitos dos óleos essenciais de Menta Piperita (hortelã pimenta) e Ylang Ylang sobre o desempenho cognitivo de 140 participantes. Nesse estudo, os participantes também foram divididos em 3 grupos:

Os dois primeiros grupos foram expostos à difusão dos óleos essenciais citados durante uma avaliação de desempenho cognitivo. O resultado da pesquisa mostrou que o OE de Menta Piperita aumentou o estado de alerta dos participantes, além de melhorar a memória e a velocidade de processamento de informações. Já o OE de Ylang Ylang aumentou o tempo de processamento de informações e prejudicou o desempenho da memória, embora tenha despertado um estado de calma nos participantes. De forma geral, o estudo é condizente com as propriedades conhecidas desses dois óleos essenciais.

Então, se você quer utilizar e usufruir dos benefícios dos óleos essenciais de forma tranquila e segura, basta utilizar os nossos difusores de ambiente. Como já mencionamos aqui e no Instagram, na aromaterapia utiliza-se o termo “difusor” para esse tipo de aparelho, mas na Via Aroma chamamos o aparelho de tomada de Aromatizador Elétrico para diferenciá-lo do Difusor Ultrassônico, também comercializado por nós. Os dois viabilizam o uso seguro e prático dos óleos essenciais.

Então, escolha óleos essenciais de sua preferência e cuide apenas para não exagerar na quantidade de gotas colocadas no aparelho. Para isso, assegure-se que o cheiro no ambiente está agradável e não gera nenhum incômodo e nem dá a impressão de estar forte demais. De modo geral, recomendamos o uso de 5 gotas de óleo essencial e 10 gotas de água para um ambiente médio de 30m². Com a difusão ambiental, você logo observará que embora o efeito não seja gritante, ainda assim ele é perceptível de forma sutil e eficaz.

Referências:

¹NIRMALA & KANTHAM, 2021. Effect of Aromatherapy on Dental Anxiety and Pain in Children Undergoing Local Anesthetic Administrations: A Randomized Clinical Trial. Acessado em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC8609116/

²MOSS et al, 2009. Modulation of cognitive performance and mood by aromas of peppermint and ylang ylang. Acessado em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00207450601042094?journalCode=ines20

Acompanhe nossas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: