Qual o tempo de ação dos óleos essenciais no corpo humano?

O tempo de ação dos óleos essenciais no corpo humano, ou seja, o período que levam para fazer efeito no organismo, é um dos temas mais banalizados e envolto em mitos que encontramos sobre a aromaterapia na internet. Se você tem dúvidas sobre o uso dos óleos essenciais, vem entender melhor sobre esse assunto.

Nos últimos anos, como chamariz para atrair consumidores, começou-se a divulgar números combinados do tempo de ação dos OE. Títulos clickbait como “2 segundos para chegar ao cérebro”, “2 minutos para chegar à corrente sanguínea” e “22 minutos para estar presente no corpo todo” se tornam cada vez mais comuns conforme mais informações sobre os óleos essenciais são disseminadas ao grande público. No entanto, esses números combinados, de aspecto até suspeito, não são informações confiáveis ou corretas.

Em primeiro lugar, é extremamente difícil determinar valores corretos e realísticos sobre os efeitos dos óleos essenciais em nosso corpo, por diferentes fatores. O primeiro deles é a forma de aplicação. Se o óleo essencial será utilizado por via olfativa ou tópica interfere significativamente no tempo de ação desses compostos. No geral, irá depender do local aplicado, se há ou não inalação, da quantidade utilizada, da base carreadora e da taxa de diluição escolhida.

As aplicações tópicas podem gerar uma melhor ou pior absorção a depender do veículo carreador utilizado e da quantidade aplicada. Portanto, não é possível afirmar o tempo que os óleos essenciais irão levar para começar a agir ou para cair na corrente sanguínea e se espalhar pelo corpo. Mesmo na inalação, se for feita de forma muito sutil, a quantidade de moléculas aromáticas absorvidas pode ser insuficiente para o potencial de ação esperado ou para uma distribuição sistêmica adequada.

Saiba mais: Aplicar na pele ou usar o difusor? Quando escolher cada opção para óleos essenciais

Além disso, cada óleo essencial é formado por dezenas e até centenas de moléculas. Cada molécula em si tem um tempo próprio para ser absorvida, distribuída, metabolizada e para executar seu potencial de ação e ser posteriormente eliminada. Então, torna-se totalmente impossível precisar o tempo de ação de um óleo essencial como um todo e muito menos generalizar essas informações para todos os óleos.

No entanto, entendemos que a tentativa de encontrar esses números também é motivada pelo desejo de explicar que o tempo de ação dos óleos essenciais pode se iniciar muito rapidamente. E isso acontece principalmente pela inalação e sua ação no sistema nervoso central. Mas também a aplicação dérmica irá demonstrar eficácia e ação em poucos minutos.

O mais importante: não é necessário inventar números para comprovar que os óleos essenciais são rápidos e eficazes para agirem em nosso organismo. Eles são! E se você não está conseguindo o resultado esperado, não deixe de buscar mais informações sobre diferentes formas de aplicação, ou verificar outras opções de óleos essenciais que possam te ajudar no seu objetivo. A aromaterapia é uma forma científica, natural e, quando utilizada adequadamente, sem riscos para cuidar de você e daqueles que você ama.


Compre óleos essenciais 100% naturais no nosso site.

Acompanhe nossas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: