O que são óleos essenciais adaptogênicos?

Você já pode ter lido por aí que existem óleos essenciais com efeito adaptogênico. Mas, você sabe o que isso quer dizer? Essa expressão é comumente utilizada em dois sentidos, um mais geral e outro mais específico, mas ambos os casos descrevem efeitos interessantes que os óleos essenciais podem promover em nosso organismo. Vem com a gente entender melhor!

Em termos mais gerais, o emprego do termo “adaptogênico” ao se referir à ação dos óleos essenciais ou de outros metabólitos secundários diz respeito ao uso fitoterápico destes compostos, com a finalidade de estabilizar processos fisiológicos e promover a homeostase (equilíbrio quase constante do organismo). Ou seja, muitos compostos naturais são capazes de agir no organismo estimulando ou inibindo certos aspectos fisiológicos com o intuito de equilibrar o funcionamento corporal.

Um exemplo interessante deste efeito adaptogênico é a ação de óleos essenciais cítricos que são capazes de reduzir a pressão arterial em casos de hipertensão, mas também podem aumentar a pressão arterial em casos de hipotensão. Esse mesmo efeito equilibrador é percebido em outros aspectos fisiológicos, como frequência cardíaca ou equilíbrio da função de glândulas sebáceas.

Ainda no caso dos óleos essenciais cítricos, é possível observar esse efeito equilibrante nos aspectos psicoemocionais. Devido à ação adaptogênica também atuar no sistema nervoso central, embora os óleos cítricos tenham efeito tônico neuropsicológico para pessoas com humor deprimido e desempenho cognitivo abaixo do desejado, são igualmente capazes de desempenhar um papel sedativo e tranquilizante no caso de pessoas com aceleração mental e de humor eufórico. Dois problemas que parecem opostos, mas podem ser auxiliados pelos mesmos óleos.

O termo adaptogênico, no entanto, também é utilizado para se referir à uma outra perspectiva de atuação dos compostos naturais. Nomeia-se como adaptógenos os compostos fitoterápicos que aumentam a resistência do corpo e a auxiliam a lidar com situações de estresse, sejam essas de caráter físico, químico ou biológico (alguns autores incluem também estressores mentais e emocionais nessa definição).

Esse efeito estaria ligado diretamente à diminuição de respostas fisiológicas características de situações estressoras, como o aumento da produção e cortisol pelas glândulas suprarenais. Ainda que o termo adaptógeno, neste caso, seja utilizado à uma ação mais restritiva, há vários óleos essenciais que já se mostraram eficazes na diminuição das taxas de cortisol no corpo pela inibição da atividade das glândulas supra renais, como é o caso da ação já comprovada do Óleo Essencial de Ylang Ylang.

Agora que já entendeu sobre quais aspectos podemos nos referir aos óleos essenciais enquanto substâncias adaptogênicas, não é necessária dúvida ou surpresa caso encontre definições de que um óleo essencial possa ter ações aparentemente opostas. Esse fato é totalmente possível em alguns casos, pois essas substâncias são capazes de harmonizar e equilibrar nosso corpo e nossa mente em diversos aspectos.

Acompanhe nossas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: